assinar a newsletter

HENRIQUE OLIVEIRA

obras       currículo       textos críticos


Oliveira_17.1404_-media-res_camerarts-

(Ourinhos / SP, 1973) Na forma de pinturas, esculturas ou instalações, a arte híbrida de Henrique Oliveira evoca o urbano e o natural, o orgânico e o estrutural, bem como a arte e a ciência, através de composições em que o inesperado gera um universo matizado com o fantástico. Tendo se graduado na Universidade de São Paulo em 1997, o artista explora a fluidez, a combinação e a cor dos materiais, o que dá às suas instalações uma certa qualidade pictórica. Oliveira muitas vezes toma emprestado materiais da paisagem urbana, notadamente tapumes, madeira retirada de cercas que contornam e bloqueiam o acesso a canteiros de obras. Ao utilizar esses materiais, as instalações de Oliveira destacam a natureza endêmica e parasitária das construções precárias de habitação que funcionam como uma metáfora para o crescimento orgânico, revelando assim a deterioração dinâmica presente nas cidades cosmopolitas e no tecido urbano em todo o mundo.

Oliveira foi vencedor da terceira edição do Prêmio CNI SESI Marcantonio Vilaça (Brasil), em 2009. Realizou exposições individuais em espaços importantes, incluindo a Galeria Van de Weghe, Nova York, EUA (2017); Anexo Millan, São Paulo, Brasil (2016); Galerie Georges-Phillipe & Nathalie Vallois, Paris, França (2015); MAC-USP e Arthur Ross Gallery - Universidade da Pensilvânia, Filadélfia, EUA (2014); Palais de Tokyo, Paris, França e Boulder Museum of Contemporary Art, Boulder, EUA (2011) entre outros.

O artista também participou de várias exposições coletivas, destacando as seguintes: The End of the World, Centro Pecci, Prato, Italy and The Other Side – Narratives of the Unconscious, Wilhelm Hack Museum, Ludwigshafen, Alemanha (2017); XIII Bienal de Cuenca: Impermanence, Equador (2016); Crafted: Object in Flux, Museum of Fine Arts, Boston, EUA (2015); Momento fecundo, Domínio de Chaumont-sur-Loire, Chaumont-sur-Loire, France (2014); Inside Out and from the Ground Up, Museum of Contemporary Art, Cleveland, EUA (2012); Art in Brazil (1950 - 2011), Palácio de Belas Artes, Bruxelas, Bélgica and Artists in Dialogue 2: Sandile Zulu and Henrique Oliveira, Smithsonian National Museum of African Art, Washington, EUA (2011); 29ª Bienal Internacional de São Paulo, São Paulo, Brazil (2010); Grito e Escuta, 7ª Bienal do Mercosul, Porto Alegre, Brazil (2009).

Seus trabalhos estão incluídos em importantes coleções públicas, como a do Virginia Museum of Fine Arts, Richmond, EUA; Museu de Arte Moderna, Rio de Janeiro; Coleção Museu Afro-Brasil, São Paulo; Fundação Edson Queiroz - Universidade de Fortaleza; Centro Luigi Pecci per L'Arte Contemporanea, Prato, Itália; MAC-USP, São Paulo; Queensland Art Gallery / Gallery of Modern Art – Brisbane, Austrália, entre outros.

 

http://www.henriqueoliveira.com/




rua fradique coutinho, 1360 são paulo, sp brasil 05416-001 | tel/fax +55 11 3031 6007
Agencia-digital-d2b-comunicacao